PASTORAL FAMILIAR

Diocese de luz - MG
ANIVERSÁRIO DE MATRIMÔNIO
ORAÇÃO DE LOUVOR Dirigente: Irmãos, estamos reunidos na mesma alegria dos nossos amigos N. e N. que hoje comemoram os ...... anos de vida conjugal. O amor e a felicidade, na vida deste casal, são um convite à fidelidade e ao amor, para todos os que hoje se alegram com eles. Unidos, demos glória ao Senhor, nosso Deus. Todos: Glória a Deus, no mais alto dos céus! Dirigente: Glória a Deus, nosso Pai, seu poder nos criou. Ele fez os homens participantes de sua paternidade. É por sua graça que a vida cresce no mundo e se sucedem as gerações. Todos: Glória a Deus, no mais alto dos céus! Dirigente: Glória a Cristo, que se fez nosso irmão. E quer fazer da humanidade uma família de irmãos. E por ela que nos unimos para vencer o desamor e construir na terra a fraternidade universal. Todos: Glória a Deus, no mais alto dos céus! Dirigente: Glória ao Espírito Santo que nos reúne na mesma fé, esperança e caridade, e nos faz Igreja, sinal de amor e presença de serviço no meio dos homens. Todos: Glória a Deus, no mais alto dos céus! Dirigente: O Deus Pai, vós unistes estes vossos filhos N. e N. com os laços indissolúveis do matrimônio e os sustentastes na vida de comunhão, nestes ........ anos, entre trabalhos, realizações, sofrimentos e alegrias. Nós vos agradecemos todo o amor de que os fizestes capazes. E agradecemos todas as vidas brotadas de suas vidas. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Todos: Amém. A PALAVRA DE DEUS Leitor 1: Efésios 5, 21-32. 21. Sejam submissos uns aos outros no temor a Cristo. 22. Mulheres, sejam submissas a seus maridos, como ao Senhor. 23. De fato, o marido é a cabeça da sua esposa, assim como Cristo, salvador do Corpo, é a cabeça da Igreja. 24. E assim como a Igreja está submissa a Cristo, assim também as mulheres sejam submissas em tudo a seus maridos. 25. Maridos, amem suas mulheres, como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela; 26. assim, ele a purificou com o banho de água e a santificou pela Palavra, 27. para apresentar a si mesmo uma Igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou qualquer outro defeito, mas santa e imaculada. 28. Portanto, os maridos devem amar suas mulheres como a seus próprios corpos. Quem ama sua mulher, está amando a si mesmo. 29. Ninguém odeia a sua própria carne; pelo contrário, a nutre e dela cuida, como Cristo faz com a igreja, 30. porque somos membros do corpo dele. 31. Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e os dois serão uma só carne. 32. Esse mistério é grande: eu me refiro a Cristo e à Igreja. 33. Portanto, cada um de vocês ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher respeite o seu marido. Salmo de Meditação - SI. 127 (1-5). Todos: Felizes os amigos do Senhor! Salmista: Feliz és tu se temes o Senhor e trilhas os seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos hás de viver, serás feliz, tudo irá bem! Todos: Felizes os amigos do Senhor! Salmista: A tua esposa é uma videira bem fecunda no coração da tua casa; os teus filhos são rebentos de oliveira ao redor de tua mesa. Todos: Felizes os amigos do Senhor! Salmista: Será assim abençoado todo homem que teme o Senhor. O Senhor te abençoe de Sião cada dia de tua vida. Todos: Felizes os amigos do Senhor. Dirigente: O casamento é dom e é tarefa. É o privilégio de partilhar o próprio amor de Deus, mas é também uma responsabilidade missionária. Preparemo-nos para ouvir o Evangelho. Aclamação ao Evangelho. Todos: Aleluia, aleluia, aleluia! Salmista: Se nós nos amarmos, irmãos, Deus fica habitando em nós, e em nós seu amor é perfeito! Todos: Aleluia, aleluia, aleluia! Leitor 2: Evangelho de Jesus Cristo, narrado por São Mateus. Mt 5, 13-16. Todos: Glória a Vós, Senhor. 13. "Vocês são o sal da terra. Ora, se o sal perde o gosto, com que poderemos salgá-lo? Não serve para mais nada; serve só para ser jogado fora e ser pisado pelos homens. 14. Vocês são a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte. 15. Ninguém acende uma lâmpada para colocá-la debaixo de uma vasilha, e sim para colocá-la no candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa. 16. Assim também: que a luz de vocês brilhe diante dos homens, para que eles vejam as boas obras que vocês fazem, e louvem o Pai de vocês que está no céu." Palavra da salvação. Todos: Glória a Vós, Senhor. Após a leitura, o padre ou o dirigente faz uma reflexão em torno das duas leituras proclamadas. A reflexão pode ser também partilhada com as pessoas presentes. RENOVAÇÃO DO COMPROMISSO Após a reflexão da Palavra de Deus e um cântico apropriado, o dirigente convida o casal a dar um ao outro a mão direita, enquanto dizem: Ele: ................, há ........ anos, eu recebi você como minha esposa, diante de Deus e diante dos homens. Renovo hoje aquele compromisso sagrado. Com a graça de Deus, eu prometo ser sempre fiel a você, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza. Prometo amar e respeitar você, todos os dias da minha vida. Ela: ..............., há ........ anos, eu recebi você como meu marido, diante de Deus e diante dos homens. Renovo hoje aquele compromisso sagrado. Com a graça de Deus, eu prometo ser sempre fiel a você, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza. Prometo amar e respeitar você, todos os dias da minha vida. Dirigente: Deus todo-poderoso conceda a vocês a graça de cumprirem este compromisso de fidelidade, a vida inteira. O que Deus uniu o homem não separe. ENTREGA DAS ALIANÇAS Segue-se a bênção das alianças. Na falta do padre, esta bênção pode ser dada por um leigo. Um dos filhos pede a bênção: Filho: Estão aqui as alianças de meus pais. Elas são um símbolo da perfeita união deles, durante estes ........ anos de vida matrimonial. Em nome de toda a nossa família imploro a bênção divina sobre estas alianças, para que sejam sempre um sinal da aliança das vidas de papai e mamãe. Dirigente: Senhor Deus, fonte da vida, um dia abençoastes as alianças de vossos filhos N. e N. símbolo de seu amor mútuo, consagrado no sacramento do matrimônio. Renovai hoje esta bênção divina. Concedei a este casal, após esses ............ anos de matrimônio, a graça de prosseguir sua vida de amor, dedicação, trabalho e honestidade, para que mereçam desfrutar da felicidade junto da família que lhes destes construir. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém. O marido recebe a aliança de sua esposa e a coloca no dedo dela. E a esposa coloca a aliança do esposo no dedo dele. E se abraçam, enquanto todos aplaudem. PRECES E ORAÇÕES Dirigente: Irmãos, elevemos as nossas preces fervorosas a Deus, nosso Pai, a fim de que chovam ainda mais graças do céu sobre o casal e sobre toda a sua família. Um filho: Para que nossos pais, que hoje celebram .......... anos de amor e fidelidade, continuem espalhando amor e felicidade para todos, rezemos ao Senhor. Todos: Senhor escutai a nossa prece Uma filha: Para que a nossa família esteja sempre unida a Deus, por uma vida religiosa exemplar; e sempre unida aos irmãos, por uma grande amizade, rezemos ao Senhor. Todos: Senhor escutai a nossa prece Um amigo: Para que N. e N. tenham uma vida longa, trazendo a alegria de sua presença, não só para a sua família, mas para todas as famílias de nossa comunidade, rezemos ao Senhor. Todos: Senhor escutai a nossa prece (Preces espontâneas pelos participantes.) Dirigente: Em uma só voz, com o coração agradecido a Deus Pai pela vida preciosa de N. e N. rezemos agora a oração que Jesus Cristo nos ensinou. Todos: Pai Nosso... Dirigente: Nas horas difíceis da vida, sempre gritamos por Nossa Senhora. Nesta hora de alegria, vamos também nos lembrar de nossa Mãe querida, implorando sua bênção para N. e N. e sua família. Rezemos todos. Todos: Ave Maria... Dirigente: O Deus de nossos pais derrame sobre vocês a sua bênção. E faça vocês crescerem cada vez mais no amor e na alegria da fidelidade. E a todos nós aqui presentes, abençoe-nos o Deus todo- poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Todos: Amém.
Comissão Diocesana da Pastoral Familiar Comissão Diocesana da Pastoral Vocacional
CELEBRAÇÕES PARA REZAR EM FAMÍLIA BODAS